Young Bloodz #01 – Review

Young Bloodz - Capa do post

Young Bloodz é o mais novo lançamento da editora Zone Komics. Essa que é detentora dos títulos:

Clique aqui para saber mais sobre a Zone Komics!

Assim como os seus títulos anteriores, Young Bloodz faz parte do mesmo universo: No Place for Heroes. Isso significa que a sua história se passa no reino de Azure.

Aqui conhecemos a história dos irmãos Faraday.

Daniel é um jovem mago que possui um poder chamado de “Passo Relâmpago” e Tyson ao contrário do seu irmão, que cresceu como um mago, não possui poderes.

O Rapaz mais veloz de Earthania

Este capítulo introdutório da história dos irmãos Faraday conta mais ou menos como é a personalidade de ambos os personagens e qual a motivação de Tyson.

Daniel se mostra um rapaz animado e hiperativo, porém como os magos (ou Hypers) sofrem uma espécie de preconceito, ele acaba não se abrindo para não demonstrar seus poderes na frente de outras pessoas.

Tyson é o completo oposto, apesar de ser um garoto gentil, ele cultiva uma certa frustração por não ser capaz de se conectar a um cristal de Hyperion.

Não é de fato uma inovação em questão de construção de personagens, mas existe uma mensagem a ser passada aqui.

A palavra aqui é: aceitação.

Temos um garoto que se esconde de todos por medo da reação e possível perseguição das pessoas. Ao mesmo tempo, temos um garoto que não se aceita por não ser diferente da grande massa.

Irônico, não?

Porém, nada foi de fato explorado ou desenvolvido de uma maneira convincente. Isso porque é apenas o primeiro capítulo da história.

Traço

Por mais que até goste um pouco da personalidade dos personagens, o traço não é algo que contribui para o seu carisma.

Em geral o desenho dos quadrinhos da editora oscila entre bom e meio preguiçoso, mas o de Young Bloodz oscilou mais para baixo que para cima.

Alguns poucos momentos dessa revista seu traço estava ok, mas em outros… Bem vou deixar um exemplo:

Os efeitos dos poderes são legais, mas o traço em geral é meio estranho, com bordas muito grossas e pouco detalhadas.

ZZT!

Young Bloodz é uma história que tem uma escrita mais leve e simples.

Claramente foi pensado para um público mais jovem, já que seus personagens estão em plena adolescência.

Mesmo que que seu traço não seja dos melhores, os personagens são bem cativantes.

A atmosfera da história lembra um pouco de X-men já que os Hypers precisam esconder quem eles são das outras pessoas.

Um ponto a se ressaltar é o entendimento do contexto.

A história vai soltando informações, assim o leitor é capaz de deduzir o porquê das coisas.

Acredito que será necessário um capítulo prólogo de tudo para o maior entendimento do universo em geral. Isso porque não dá pra deduzir sobre tudo da lore.

Esse quadrinho possui altos e baixos, mas é necessário continuar a leitura para saber se vale ou não a pena.

Vocês já leram algo da editora? Ficaram curioso com esse quadrinho? Deixa nos comentários as sua impressões!

 

Curtiu? Compartilha ai!
  • 24
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    24
    Shares